PROFESSOR

PAULO CESAR

PORTAL DE ESTUDOS EM QUÍMICA
 

DICAS PARA O SUCESSO NO VESTIBULAR: AULA ASSISTIDA É AULA ESTUDADA - MANTER O EQUILÍBRIO EMOCIONAL E O CONDICIONAMENTO FÍSICO - FIXAR O APRENDIZADO TEÓRICO ATRAVÉS DA RESOLUÇÃO DE EXERCÍCIOS.

Home
Grafeno
Crise Financeira
Hidratos de Carbono
LHC
Bactéria GFAJ
Sperbactérias KCP
Como as cinzas prejudicam os aviões
Ônibus a Hidrogênio
Superátomos
O que os Faraós Bebiam
Metal Orgânico
Microondas no Laboratório de Química
Pré-Sal
Elementos Pseudo-metálicos
Crise Nuclear na Coreia
Crédito de Carbono
Reforma Ortográfica
Novo ENEM
Gripe Suína
Água Seca
Balança mais sensível do mundo
Chuva Seca
Adoçantes Artificiais
Estato Gasoso
Por que a água sanitária desinfeta
Adrenalina
Água
Antibióticos
Ácido Desoxirribonucleico
Armas Químicas
Armas Biológicas
Armas Nucleares
Bafômetro
Bicabonato de Sódio
Biodiesel
Bronzeamento Artificial
Bioquímica das Células
Botulismo
Cálculos em Química por Análise Dimensional
Células Tronco
Clonagem
Colesterol
Combustíveis
Ciclos Biogeoquímicos
Cristais Líquidos
Curiosidades_químicas.htm
Desodorantes
Etanol
Fenilcetonúria
Química do Vagalume
Neuroquímica
Vida
Ecstasy
Moléculas que matam
Coca Cola Diet x Bala Mentos
Química do Beijo
Novo Tipo Ligação Química
Datação do C 14
Bioquímica da Arteriosclerose
Equilíbrio Ácido Base no Sangue
Sabão Molécula Intrigante
Cafeína
Vírus
Feromônios
Benzeno
Corantes
Nicotina
Polônio
Leptina
Raio X
Polímeros: A era dos plásticos
Vacinas Comestíveis
Química Combinatória
Gás Hélio
Sangue Artificial
Surfactantes e Micelas
Química do Cabelo
Elementos Químicos
Química Medicinal
Explosivo C4
THC
Notícias Quânticas
Forças Intemoleculares
Gás Carbônico
Biotecnologia
Química das Aranhas
Vitaminas
Moléculas Quirais
Carboidratos
Colesterol II
Lipídios
Proteínas
Química do Sorvete
Química do Vinho
Química na Cozinha
Quimioterapia
Dicionário de Química
Diet ou Light?
Fique Por Dentro
Química das Aranhas
Gráficos
Grandes Nomes da Ciência
Histórico da Química
Lâmpadas Fluorescentes
Meio Ambiente
Mol
Os Segredos da Mumificação
Perguntas Superinteressantes
Química do Cigarro
Química do Cotidiano
Tratamento da Água
Salmonella
Pilhas e Baterias
Polímeros Condutores de Eletricidade
Umidade Relativa do Ar
Viagra
Vitaminas e Minerais

 

Novo Metal Orgânico: Paládio Quiral

Paladio

O paládio é um metal de transição muito utilizado como catalisador em reações químicas, como por exemplo, nas reações de hidrogenação e nas reações de acoplamento carbono-carbono. A figura 1 mostra algumas reações de acoplamento carbono-carbono catalisadas por paládio.

Figura 1. Algumas reações de acoplamento carbono-carbono catalisadas por paládio

O grupo de Rothenberg (Universidade de Amsterdã, Holanda), em parceria com pesquisadores israelenses, publicou recentemente na revista Nature Chemistry, um trabalho onde “paládio quiral” foi preparado.

A quiralidade está relacionada a objetos que não são sobreponíveis à sua imagem no espelho. Moléculas quirais geralmente não possuem elementos de simetria e desviam a luz polarizada para a direita (+) ou para a esquerda (-).

Um dos desafios da química atual é dopar os metais com moléculas orgânicas quirais criando, assim, uma superfície metálica quiral. Primeiramente, é realizada a dopagem do metal com a molécula quiral, e depois a molécula orgânica é removida. Ao metal que restou na amostra é então conferida uma propriedade quiral proveniente da molécula que o dopou.

Com isso temos um metalorgânico e não um organometálico, já que a parte orgânica foi retirada da amostra, restando apenas um metal com características quirais. O metal em si mantém todas as suas propriedades habituais, tais como a maleabilidade, a condutividade e a atividade catalítica.
Como dopante, no trabalho recém publicado, foram usados alcalóides da quina. A figura 2 mostra uma espécie da planta do gênero Cinchona e seus principais alcalóides.

Figura 2. Cinchona officinalis (Figura do Wikimedia Commons) e alcalóides principais do gênero

 

Os compostos contendo o paládio dopado com as moléculas orgânicas foram preparados dissolvendo-se os dopantes numa solução aquosa de um sal de Pd2+ e na presença de um agente redutor. Foi adicionado dodecil sulfato de sódio (DSS) para dissolver os alcalóides, como mostra o esquema 1. O material de interesse precipita como um pó preto.

Esquema 1. Reação de dopagem do paládio

Este processo de dopagem não é uma adsorção da molécula orgânica na superfície do metal. Ao contrário, há um aprisionamento dessas moléculas entre os cristalitos de paládio, resultando numa estrutura hibrida metalorgânica tridimensional que é quiral. É um processo chamado de impressão ou imprinting já que se imprime no metal uma característica do alcalóide que foi removido.

Pela difração de pó de Raios X foi possível verificar diferenças entre as amostras contendo paládio antes da dopagem com o alcalóide, do paládio dopado com a cinchonina e da amostra contendo o paládio após a remoção do dopante com dimetilsulfóxido (DMSO).

Foi mostrado por difração de Raios X que o paládio dopado com a cinchonina possui sinais correspondentes a Carbono, Nitrogênio e Oxigênio na amostra na faixa entre 15º e 35º, mostrando que a dopagem foi efetiva, já que esses sinais não aparecem na amostra com paládio antes da dopagem. Após a extração da molécula orgânica com o DMSO esses sinais também não são percebidos, mostrando que a extração do alcalóide foi eficaz.

A quiralidade do metal foi comprovada em vários experimentos realizados em colaboração com o grupo do professor Ron Naaman, do Instituto de Ciência Weizmann, em Rehovot, Israel. Como todos os metais, o paládio apresenta efeito fotoelétrico: quando um fóton de alta energia atinge o metal, um elétron é ejetado.

A distribuição de energia fotoelétrica realizada nas amostras com paládio sem nenhuma modificação quiral mostrou que a intensidade da luz polarizada no sentido horário coincide com a intensidade da luz polarizada no sentido anti-horário, demonstrando que não há quiralidade no metal. Isso já não acontece nas amostras com paládio após a dopagem e após a extração da molécula orgânica com DMSO. Como o material mostrou diferentes interações com a luz, demonstrou-se que a quiralidade foi conferida ao paládio pela molécula orgânica extraída.

Os materiais contendo o paládio dopado com as moléculas orgânicas foram aplicados em reações enantiosseletivas. Como exemplo, na hidrogenação da isoforona, foi usado paládio dopado com cinchonidina (CD) ou com cinchonina (CN), seu pseudoenantiômero, resultando em 16% de excesso enantiomérico (ee) do isômero (R) e 6,5% de ee do isômero (S), respectivamente (Esquema 2).
Entretanto, utilizando o paládio antes da dopagem ou quando a molécula orgânica foi retirada do catalisador dopado, não houve estereosseletividade na reação.

Isso indica que o alcalóide quiral deve se coordenar ao substrato para realizar essas reações enantiosseletivas.

 

Esquema 2. Hidrogenação da isoforona utilizando cinchonidina (CD) ou cinchonina (CN) como dopante do paládio 

 

Embora a eficiência do paládio quiral nas reações enantiosseletivas tenha sido pequena, este trabalho abre portas para a síntese de novos metalorgânicos com aplicações na catálise assimétrica heterogênea.
É importante ressaltar que até agora apenas aos metais ouro e prata foram conferidas propriedades quirais através do método de impressão ou imprinting.

 

Agradecimentos: Ao doutorando José Celestino de Barros Neto (IQ-UFRJ) pelas sugestões.

 

Referências Bibliográficas

 

Pachón, L. D.; Yosef, I.; Markus, T. Z.; Naaman, R.; Avnir, D.; Rothenberg, G. Nature Chemistry 2009, 1, 160. [CrossRef]

Chemists Make New Chiral Palladium Metal. Matéria do ScienceDaily de 24 de abril de 2009. Disponível em: <http://www.sciencedaily.com/releases/2009/04/090422085528.htm>. Acesso em 8 de junho de 2009.

Jacoby, M:  Imparting Chirality to Metals. Chem. & Eng. News 2009, 87, 10. Senra, J. D. Reações de Heck em meio aquoso contendo 2-hidroxipropil-alfa e beta-ciclodextrinas. Dissertação de Mestrado, Rio de Janeiro: UFRJ/NPPN, 2008.

Para saber mais:

Behar-Levy, H.; Neumann, O.; Naaman, R.; Avnir, D. Adv. Mater. 2007, 19, 1207. [CrossRef]

Heitbaum, M.; Glorius, F.; Escher, I. Angew. Chem. Int. Ed. 2006, 45, 4732. [CrossRef]

Goldsmith, M. R. ; George, C. B.; Zuber, G.; Naaman, R.;Waldeck, D. H.; Wipf, P.; Beratant, D. N. Phys. Chem. Chem. Phys. 2006, 8, 63. [CrossRef]

 

Para citar esta matéria:

Silva, A. C., Novo metalorgânico: Paládio quiral? Novidades na Ciência - SBQ Rio, 10 Junho 2009. Disponível em: <http://www.uff.br/sbqrio>

 

Home | Grafeno | Crise Financeira | Hidratos de Carbono | LHC | Bactéria GFAJ | Sperbactérias KCP | Como as cinzas prejudicam os aviões | Ônibus a Hidrogênio | Superátomos | O que os Faraós Bebiam | Metal Orgânico | Microondas no Laboratório de Química | Pré-Sal | Elementos Pseudo-metálicos | Crise Nuclear na Coreia | Crédito de Carbono | Reforma Ortográfica | Novo ENEM | Gripe Suína | Água Seca | Balança mais sensível do mundo | Chuva Seca | Adoçantes Artificiais | Estato Gasoso | Por que a água sanitária desinfeta | Adrenalina | Água | Antibióticos | Ácido Desoxirribonucleico | Armas Químicas | Armas Biológicas | Armas Nucleares | Bafômetro | Bicabonato de Sódio | Biodiesel | Bronzeamento Artificial | Bioquímica das Células | Botulismo | Cálculos em Química por Análise Dimensional | Células Tronco | Clonagem | Colesterol | Combustíveis | Ciclos Biogeoquímicos | Cristais Líquidos | Curiosidades_químicas.htm | Desodorantes | Etanol | Fenilcetonúria | Química do Vagalume | Neuroquímica | Vida | Ecstasy | Moléculas que matam | Coca Cola Diet x Bala Mentos | Química do Beijo | Novo Tipo Ligação Química | Datação do C 14 | Bioquímica da Arteriosclerose | Equilíbrio Ácido Base no Sangue | Sabão Molécula Intrigante | Cafeína | Vírus | Feromônios | Benzeno | Corantes | Nicotina | Polônio | Leptina | Raio X | Polímeros: A era dos plásticos | Vacinas Comestíveis | Química Combinatória | Gás Hélio | Sangue Artificial | Surfactantes e Micelas | Química do Cabelo | Elementos Químicos | Química Medicinal | Explosivo C4 | THC | Notícias Quânticas | Forças Intemoleculares | Gás Carbônico | Biotecnologia | Química das Aranhas | Vitaminas | Moléculas Quirais | Carboidratos | Colesterol II | Lipídios | Proteínas | Química do Sorvete | Química do Vinho | Química na Cozinha | Quimioterapia | Dicionário de Química | Diet ou Light? | Fique Por Dentro | Química das Aranhas | Gráficos | Grandes Nomes da Ciência | Histórico da Química | Lâmpadas Fluorescentes | Meio Ambiente | Mol | Os Segredos da Mumificação | Perguntas Superinteressantes | Química do Cigarro | Química do Cotidiano | Tratamento da Água | Salmonella | Pilhas e Baterias | Polímeros Condutores de Eletricidade | Umidade Relativa do Ar | Viagra | Vitaminas e Minerais

Este site foi atualizado em 17/01/11